Hospital Geral recebe doação de incubadora neonatal

O Hospital Geral de Cuiabá foi contemplado na terça-feira (10), com a doação de uma incubadora neonatal, pelos internautas e pelo Instituto Maria Stella.

No ano passado a instituição, juntamente com a equipe médica fizeram uma campanha através de uma plataforma online, para arrecadar 47 mil reais para comprar uma incubadora neonatal para resgate e transporte de recém–nascidos.

O Hospital conseguiu arrecadar pela plataforma online R$ 3.008,87. O restante do dinheiro foi doado pelo Instituto Maria Stella, através da sua presidente, Margareth Buzzeti.

Após algumas negociações, entre o hospital e a empresa, foi concedido um desconto e a incubadora foi comprada por R$ 42 mil. Sendo que o HG deu R$ 3 mil em dinheiro, uma incubadora antiga e o Instituto doou R$ 35 mil.

Margareth Buzzeti explica que foi possível fazer a compra deste equipamento, porque teve ajuda de parceiros que contribuíram para que esse sonho fosse realizado.

“É uma satisfação muito grande poder entregar essa incubadora para o hospital, pois estamos ajudando a salvar muitas vidas. Principalmente por saber que o Hospital Geral é especialista em gestação de alto risco".

O coordenador da UTI Neonatal do Hospital Geral, Dr. Afrânio Batista agradeceu aos internautas e ao Instituto Maria Stella por terem doado a incubadora neonatal.

 "Este equipamento é de grande valia para os recém-nascidos, além de controlar a temperatura, umidade relativa do ar, concentração de O2 e radiação de fototerapia. Outro fator muito importante é que a incubadora protege os bebês do contato com possíveis microrganismos, em caso de recém-nascidos com algum tipo de doença ou de prematuros, muito sensíveis às infecções".

A  pediatra Gisele do Couto Oliveira explicou que os recém-nascidos prematuros apresentam fraquezas e, por isso, a incubadora é essencial para evitar que os bebês fiquem expostos a traumas, infecções e riscos de hemorragia. "Toda a equipe assistencial da UTI Neonatal do hospital irá receber treinamento, a fim de aprimorar as técnicas de manuseio do equipamento".

Gisele, ressaltou a importância da nova tecnologia para a segurança da equipe médica e do paciente, visto sua capacidade de operação mesmo sem energia elétrica, através de baterias internas.

"Esse equipamento traz aos nossos profissionais, e principalmente à população, grande benefício no atendimento. Com certeza, essa doação mostra que existem muitas pessoas boas de coração e que se preocupam com nosso hospital. Isso nos dá força para garantirmos ainda mais qualidade nos serviços prestados a população Mato-grossense", finaliza a pediatra.

 

 

Convênios

Newsletter

CADASTRE-SE E RECEBA ARTIGOS E NOTÍCIAS SOBRE O HOSPITAL, SAÚDE E BEM-ESTAR.